sábado, 20 de dezembro de 2014

Bernhard Koch Riesling classic 2013 Branco

Este vinho foi-me oferecido por um parceiro tecnológico com o qual trabalhei no passado e alcançamos em conjunto resultados extraordinários. O parceiro, Alemão, enviou-me mais tarde duas garrafas deste produtor para celebrar em conjunto o resultado de uma excelente parceria.

Aroma a cristais de quartzo, limão e fruta cozida.

Este vinho apresenta uma frescura inimaginavel, longo, cristalino focado. Muita fruta cozida, raspa de limão, tangerina, merengue, sal, cheio de vida.


Final longo.

Classificação: ★★

This wine was an offer from a tecnology partner that I was proud of working with, having achieved extraordinary results. The partner, German, send me two different bottles of this producer for celebration purposes.

Mineral aromas, lemon and stewed fruit.

This wine presents a sharp freshness, long, crystal clear. Lots of stewed fruit, lemon zest, mandarin and lemon tart, salty and full of life.

Long finish.

Ratting: ★★



Night Sky 2011 Tinto

Novidade no mercado Sul Africano, feito a partir de Syrah, Mourvèdre e Grenache. Estagia 18 meses em barrica.

O aroma é fechado e opaco. Sente-se a organica da terra.

O vinho é abrasivo, é quente como o inferno, picante. Muito brandy, madeira torrada e cerejas. As cerejas tem um foco próximo dos riojas  espanhois, mas sem o doce. A concentração é elevada. Tem musculo e raça. Ficamos sem fôlego.


Final infinito.

Classificação: ★★

Just arrived to the South African market.Made from a blend of Syrah, Mourvèdre and Grenache. Ages 18 months in the barrel.

Aroma is opaque. I can feel the fat of the land.

This wine have a lot of power and muscle. It is somewhat abrasive, warm like in the purgatory with lots of spice. Lots of brandy, toasted oak and cherries. The character is close to a Rioja, but sweetless. Highly concentrated in a way we are breathless.

Infinite finish.

Ratting:  ★★

sábado, 22 de novembro de 2014

Tokara 2011 Directors Reserve Tinto

Este produtor demonstrou numa prova de vinhos na Cidade do Cabo que está um pouco mais além em termos de identidade dos produtos.

Feito de um Blend de muitas castas onde sobressaem o Cabernet Sauvignon, Merlot, Perit Verdod e outras. Mantém-se na pipa por 22 meses.

O aroma é preto brilhante. Cheira a bolo ingles mergulhado em vinho do Porto.

O vinho é magico. Expande-se ganha vida. Não ha tempo para cortar tamanha espessura .Tem fruta em passa, ameixa, noz, bolachas de manteiga.

Final tende para o mais infinito.

Classificação: ★★

During a wine tasting experience Tokara winery showed to be ahead of the curve. This wine is made from a blend of multiple wine varieties like Cabernet Sauvignon, Merlot, Perit Verdod and others. Ages 22 months in the barrel.

Aromas are black with gloss. It seems to me that I was eating English pudding.

This wine is magic. Expands and lives. There is no time cut its thickness. Lots of ripe fruit, plum, nuts, butter cookies.

Endless finish.

Rating: ★★




Alvi's Drift Viognier 2014 Branco

Os mitos sobre que o bom vinho tem de ter rolha de cortiça, vão caindo por terra quando se vai bebendo cada vez mais garrafas de tampa de rosca.

Este é feito apenas de Viognier.

Pêssego, goiabada e menta no aroma.

Na boca sabe a goiabada de lata, pêssego com a menta a trazer frescura. Muito interessante de desfrutar, sem complicações.

Termina médio, com alguma concentração na boca.

Classificação: ★★

It starts fading away the idea that wine must be corked. The more I drink youthful wines, the more I approve the concept of uncorked bottles.

This one is made from Viognier.

Aromas found are composed of peach, guava and mint leaves.

Guava jam, peach and mint are perfectly blended, mint brings a hint of freshness. Enjoyable, with no hidden tricks.

Medium finish with some concentration.

Ratting: ★★




sábado, 15 de novembro de 2014

Jason's Hill Sauvignon Blanc 2014 Branco

Primeiro vinho da zona de Slanghoek Valley, feito de Sauvignon blanc.

Algum maracujá, ervas e mineral no aroma.

Seco, o maracujá aparece de rompante no início, depois tranforma-se em agua das pedras e no final o maracujá volta em força. Vivinho que baste. Fácil de agradar a Gregos e Troianos. É um vinho pop, para beber de entrada, no final da tarde.


Final curto.

Classificação : ★★☆☆



Fist wine from Slanghoek Valley, made from Sauvignon blanc.

Some passion fruit, mineral quartz and some herbs.

Dry character, full of life, lots of passion fruit concentrate that turns into sparkling water style, becoming again fruit oriented. Esally enjoyable to drink at the end of the day.

Ends short.

Ratting : ★★☆☆

The Chocolate Block 2011 Tinto

Feito de Syrah, Grenache, Cabernet sauvignon, Cinsault e Viognier.

Chocolate no aroma, ameixa preta, framboesa e passas.

Muito adstringente, e com pimenta preta no fim. Maioritariamente sabe a ameixa preta, muito mirtilo e framboesa. Lá por debaixo anda chocolate preto em pó. Levanta os pelos do braço tal é a intensidade e compostura.


Final longo, quente e especiado.

Classificação : ★★★☆


Made from Syrah, Grenache, Cabernet sauvignon, Cinsault and Viognier.

Aromas with chocolate, dark plum, raspberry and raisin.

Very astringent character with black pepper in the end. Lots of dark plum, blueberry and raspberry. Some dark chocolate dust underneath. If makes your senses goes wild due its sharpress and focus.

Ends warm, long and spicy.

Ratting: ★★★☆

domingo, 19 de outubro de 2014

Welgemeend Estate Reserve 2009 Tinto

Feito a partir de Merlot, Cabernet Sauvignon e Cabernet Franc.

Aroma com fruta preta e folhas verdes.

Na boca é fresco, sedoso, mas não enche a boca. Tem uva passa, ameixa preta seca, licor, chá e botões de chocolate. Tudo muito arrumadinho e tem perfeita transição. Acaba médio.

Classificação: ★★★☆☆

Made from a blend of Merlot, Cabernet Sauvignon and Cabernet Franc.

Lots of dark fruit and green leaves in the aromas.

In the mouth is fresh, silky but does not fill up the mouth. It have raisin, dark dried plum, licorice, tea and chocolate buttons. Everything is on the right place. Ends medium.

Rating: ★★★☆☆

Domaine Grier Olympus 2009 Tinto

O destino ditou que a primeira quinta que visitei em Stellenbosch fosse a Villiera Wines. Durante a estadia na quinta, os vinhos provados mostraram-se estarem ao nível do padrão de consumo corrente, exceto este que é feito de Syrah e Grenache, mas que curiosamente é Francês, sendo comercializado pelo produtor local.

Aroma a ameixa preta e figo seco. Intenso e profundo.

É um vinho especiado, quente, com bastante figo e ameixa preta e uvas passas. Deixa rasto apesar de se sumir mais cedo que pretendíamos. Acaba por não ser persistente.

Classificação: ★★★☆☆

When I arrived South Africa, the first estate I visited was Villiera Wines. During my stay, the wines I tasted were not on par to what I was expecting, except this one made from a blend of Syrah and Grenache, but curiously is French and its being distributed locally by this winery.

It have dark plum and dried fig in the aromas.

Full of spice, warm, lots of figs, dark plum and raisin. It leaves a mark that unfortunately fades quickly. Medium finish.

Rating:★★★☆☆

Lyngrove Platinum Pinotage 2011 Tinto

Feito de Pinotage, a casta que marca o perfil dos tintos Sul Africanos que decidem não copiar os vinhos Franceses.

Aromas cheios de framboesas, ginja e groselha.

Na boca é rico, sedoso e com uma camada de nata, enche muito a boca. Nota-se mais a ginja madura e mais umas bagas à mistura tudo em contacto com madeira. Termina ligeiramente apimentado.

Final infinito.

Classificação: ★★★★☆

Made from Pinotage, the South African signature grape.

Aroma is full of cherries, raspberries and currants.

This wine fills up the mouth. Its rich, smooth with a cream layer on top. Cherries drive the flavor, blended with other berries that keep the contact with that oaky character. Ends spicy.

Infinite finish.

Rating: ★★★★☆

sábado, 18 de outubro de 2014

Neethlingshof Gewurztraminer 2014 Branco

Salvo erro, é a primeira vez que bebo um vinho no mesmo ano da colheita. Feito de Gewurztraminer.

Aromas simples ao que parece ser sumo de uva e cristais minerais.

Seco e doce, por momentos fez-me lembrar o icónico João Pires, que saudades! É vivinho como a sardinha, leve e direto ao coração das senhoras. Ótimo para iniciar um jantar, mas não pode ser levado como algo sério.

Final curto.

Classificação:★★☆☆☆

I assume that I never tasted a wine in the very same year of the label vintage, made from South African popular Gewurztraminer.

Simple aroma of what it seems to be a fruit juice.

Dry and sweet, it makes me remember an iconic Portuguese wine called João Pires. It lives and goes straight to the heart. Fantastic to start a dinner, but it cannot be considered something serious.

Short finish.

Rating:★★☆☆☆